quarta-feira, 15 de junho de 2011

Um país também se constrói com protestos

06_MVG_RIO_ProtestosBombeirosVocê concorda? Temos visto nos últimos dias os protestos dos bombeiros no Rio de Janeiro reivindicando melhores salários e melhores condições de trabalho. Acho muito importante o protesto contra essa vergonha do governo Fluminense e dou meu  apoio aos bombeiros. Um país se constrói com luta.

Infelizmente no Brasil isso é um hábito menos comum do que deveria ser. Eu poderia dar vários exemplos mas vamos tomar um simples como um país próximo do Brasil, o Chile. Eu estou em Santiago, no Chile, enquanto escrevo essas linhas e observei coisas muito interessantes aqui. Aliás o Chile é um país muito interessante, mas vamos ao que interessa.

CHILE Há algumas semanas os estudantes chilenos se uniram para se manifestar contra a atual gestão de educação no país, reivindicando melhores condições para o ensino, mais investimentos e melhorar o acesso à educação das pessoas sem recursos. Essa é uma marcha nacional onde milhares de estudantes se mantêm firmes em busca de seu direito de ter uma eduação de qualidade. E o que mais me encanta nesse protesto, além da legitimidade de pedir o que é deles por direito, é chamar a atenção para uma das coisas mais importantes de um país, a educação. Um país não se constrói sem educação, não importa se vai ser sede de copa do mundo ou olimpíadas, sem educação não  se tem nada, tudo é castelo de areia.
CHILE-patagonia-CLAUDIO%20SANTANA-AFPAgora vejamos: o Chile é um país que tem 17 milhões de habitantes, com potencial econômico limitado (infinitamente mais limitado comparado ao Brasil) e ainda assim seus estudantes se unem fervorozamente em prol de uma mudança benéfica para seu país. E não é só isso, tudo que não esteja de acordo com a vontade pública é protestado. Como a construção de uma usina hidrelétrica na região da Patagônia por exemplo, que recentemente esse proposta foi recebida com fortes protestos.

Protesto da alma Me encanta também ver os bombeiros com tanta força e garra para ter seu direito garantido no Brasil, além é claro de todos os que apoiam a causa (PM’s, Bombeiros de outros estados, etc). Mas vamos pensar um pouco. A gente não vê na TV e nos outros meios de comunicação tanta sugeira e ninguém faz nada, nem grito de independência?

0,,15007174,00O que quero dizer com isso é que devemos aprender de pessoas  como os Chilenos por exemplo, o quanto é importante que a população participe das decisões de seu país, não apenas com o voto (que só isso já é contexto para outro post) durante campanha eleitoral, mas levantar e se opor àquilo que é fraudulento, que é errado, que é imoral e ilícito. Temos que nos opor contra aumento de impostos, construções de cidades da música, mordomias dadas a deputados, senadores e governadores. Precisamos nos opor à falta de investimento na educação, à falta de médicos nos hospitais. Os planos de saúde e hospitais particulares só lucram com a degradação da saúde pública. Assim como acontece com   colégios particulares. Isso é um absurdo. Vamos protestar contra os 133 dias que image_previewtrabalhamos no ano apenas para pagar impostos, o que é isso? Nosso sistema tributário é uma vergonha, tão complexo que nem os especialistas em impostos conseguem entender em sua totalidade. Tudo para favorecer a lambança fiscal que enriquece uns e sacrifica muitos.

Por favor, não entenda que sou a favor do “quebra-quebra”. É possível protestar de forma dígna, lícita e honrosa, sem cometer crime ou agredir moral ou fisicamente outrem. Façamos tudo com ordem e decência.

politico corruptoVamos parar de eleger palhaços para nos representar, não agüento mais isso. Não aguento mais ver o governador dizendo que não pode aumentar o salário dos bombeiros porque vai estourar o orçamento. O salário do governador Sérgio Cabral é de 13,4 mil reais. O salário de um deputado federal é de 26,7 mil reais e de um deputado estadual é de 20 mil. Fora as infinitas mordomias. Você que está lendo esse post ganha isso? Metade? Nem a metade? Pois é, você tem razões de sobra para protestar então. Nosso título é de eleitor e não de otário.

ipva-consultaPara onde vai o dinheiro do nosso IPVA? E o dinheiro das multas  aplicadas dos muitos radares localizados como se fossem verdadeiras armadilhas eletrônicas. Apenas na cidade de São Paulo, 473 milhões de reais foram arrecadados em multas de trânsito em 2010. Imagina o resto do país? Para onde vai esse dinheiro? O seu dinheiro, diga-se de passagem, o nosso dinheiro.

Por isso, se você teve paciência de ler esse post até aqui, eu o convido a fazer algo pelo seu país que é protestar. Proteste! Faça um protesto hoje. Saia pelas ruas. Una-se aos bombeiros. Una-se aos professores. Una-se a todos que reivindicam melhorias para o país e respeito aos brasileiros. Se não pode sair às ruas vá às redes sociais, aos blogs, ao Twitter, aos jornais, deixe um comentário demonstrando sua insatisfação.
Se cada um de nós fizer isso, mudamos esse país e construimos um lar melhor para nossos filhos e netos.

Vida longa aos bombeiros e a todos os brasileiros.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente aqui! Não precisa ser cadastrado.