segunda-feira, 9 de fevereiro de 2009

Dalits: Quem são e como vivem

Você acha que tem uma vida difícil?
menina dalit
A realidade é um pouco diferente do que vemos nas novelas. Dificilmente conseguiremos imaginar com exatidão como é a vida de um Dalit, ou "intocável", na terra difícil e madrasta da Ásia. Mais de 300 milhões de homens, mulheres e crianças condenadas à pobreza, à violência e ao desespero sem o direito de ter sequer esperança.

Uma vida sofrida e cheia de provações já é parte da vida dos Dalits. O rígido sistema de castas (hierarquia social indiana) condena os intocáveis a viver sem direito a água potável, educação de qualidade, posses e terras, casa própria, emprego digno e uma vida tranqüila. A cada duas horas Dalits são assaltados e duas casas de Dalits são queimadas. A cada dia, dois Dalits são assassinados.

homem dalitDiscriminados e oprimidos, Dalits são freqüentemente vítimas de violentos crimes. Em 15 de Outubro no Estado de Haryana, cinco jovens Dalits foram linchados por uma multidão por tirarem a pele de uma vaca morta, da qual eles tinham legal direito para fazer. A Polícia, segundo consta, ficou parada sem nada fazer e permitiu que a violência continuasse. Em 1999, vinte e três trabalhadores agrícolas Dalits (incluindo mulheres e crianças) foram assassinados por seguranças particulares de um fazendeiro de alta-casta. O crime deles? Ouvir a um partido político local com considerações que ameaçavam o domínio do fazendeiro sobre Dalits locais como mão de obra barata.

senhora dalitEmbora leis contra a descriminação de castas tenham sido aprovadas, a discriminação continua e pouco é feito para processar os acusados. Em anos recentes, porém, tem havido um crescente desejo por liberdade entre os Dalits e castas baixas hindus. Líderes como Ram Raj tem vindo a frente exigindo justiça e liberdade da escravidão das castas e da perseguição. Um detalhada “Carta dos Direitos Humanos dos Dalits” foi redigida com apelos para a Comunidade Internacional e para a ONU, na esperança que isto colocaria um pressão possitiva sobre o Governo Indiano. Mas pouco tem mudado, infelizmente.

Fatos sobre os Dalits:
• A cada dia, três mulheres Dalits são estrupadas (leia Jovem Dalit estrupada e queimada até a morte);
• Crianças Dalits são freqüentemente forçadas a sentarem de costas nas suas salas de aula, ou mesmo fora da sala;
• A cada hora, duas casas de Dalits são queimadas;
• A maioria das pessoas das castas altas evitarão terem Dalits preparando a sua comida, por medo de se tornarem imundos;
• A cada hora, dois Dalits são assaltados.
• Em muitas partes da Índia, Dalits não são permitidos entrar nos templos e outros lugares religiosos;
• 66% são analfabetos;
• A taxa de mortalidade infantil é perto de 10%;
• A 70% são negado o direito de adorarem em templos locais;
• 57% das crianças Dalits abaixo da idade de quarto anos estão muito abaixo do peso;
• 300 milhões de Dalits vivem em Índia;
• 60 milhões de Dalits são explorados através do trabalho forçado;
• A maioria dos Dalits são proibidos de beber da mesma água que os de castas mais altas.

E você? Acha que tem uma vida difícil? Pense de novo...

Fonte: Ore pela Índia

12 comentários:

  1. Olá!
    Nós perdemos tanto tempo preocupados com nosso próprio umbigo, reclamando das condições vividas no Brasil, que não enxergamos e tão pouco nos damos conta de que existem muitos lugares no mundo com problemas maiores que o nosso. São tantas as pessoas que vivem em condições sub-humanas, tanta miséria, sofrendo humilhações e preconceitos. Os Dalits são apenas uma parte do povo condenado a um destino cruel. É uma pena que a Lei contra a discriminação de Dalits só exista no papel. É preciso respeito!
    Parabéns, muito bom seu post!!
    Beijos,
    Tati

    ResponderExcluir
  2. parabéns pelo post....

    bom fugir da vida de fantasias que as novelas colocam para quem as assistem...

    ResponderExcluir
  3. Impressionante a vida miserável que muitos povos ainda levam...pensando bem, se fosse realmente como a novela mostra, seria menos pior !
    A autora Glória Perez tem nas mãos, uma excelente chance de expor melhor a realidade e o preconceito que eles sofrem !
    E vc, parabéns por expor isso aqui!

    ResponderExcluir
  4. Lidi
    Parabéns pelo post, todos nós reclamamos tanto da vida que levamos, mas não pensamos no próximo, tantas pessoas vivem em condiçoes sub-humanas, sem direito a nada nem mesmo em sonhar com um futuro melhor o que é uma pena!!!!!!!!!!!por isso antes de reclamar da vida que levo penso 2 vezes..........

    ResponderExcluir
  5. Parabéns pelo post. Excelente.
    Há muito tempo cheguei a admirar a sociedade indiana por seus rigorosos valores, mas tudo era fruto da ignorância... hoje sinto pena e revolta, pois só castas de imbecís se julgam melhores que outras pessoas...não é a toa que vivem naquele lixão a céu aberto que pe a ìndia, além do Taji Ma Hau, o que mais tem por lá, além dessas atrocidades...quanto às vacas, churrasco delas para alimentar essa nação de escravos modernos chamados Dálits...e a Al Qaeda perdendo tempo, podendo treinar seus ataques contra esses porcos das castas "superiores"...

    Krave - Belém-Pará-Brasil

    ResponderExcluir
  6. Elisângela Oliveira15 de junho de 2009 03:37

    Informação é essencial
    É triste saber que uma sociedade tão espiritualizada tolere e justifique a violência dessa forma. Isso mostra que nem sempre saber as resposta significa ter a solução dos problemas. No entanto, é bom lembrar que a miséria que impinge sofrimento é dor nos pobres da Índia não é maior que a daqui, porque todo ser sente com a mesma intensidade a dor de ser excluído, destituído de seus direitos básicos. Pensem quantas vez você já passou ao lado do morador de rua e nem notou sua presença. A gente não deve ter a pretenção de mudar o mundo, mas pode tornar a vida das pessoas ao nosso redor melhor. Pense nisso.

    ResponderExcluir
  7. QUERIA SABER COMO ELES VIVEM E AKI ENCONTREI TUDO!ADOREI

    ResponderExcluir
  8. Priscila de são paulo15 de julho de 2011 00:43

    meu coração se comove com tanta miséria, bom seria que todos que sabe dessa situação orasse por essas pessoas tão carente de Deus.

    ResponderExcluir
  9. Nossa!
    Ouvi uma missionária que está na Índia e fiquei barbarizada.
    Cade o bom senso desse povo?
    Que Deus é esse que ele adoram e que os fazem agir como insensatos?Que dá o poder e o direito de fazer o que quiser com essas pessoas?Dizem que as pessoas são fruto do meio que vivem, mas não há lógica humana nem religiosa no que eles fazem.

    ResponderExcluir
  10. Oi galera, gostaria de uma ajuda, eu adquirii um pacote de TV HD no PC no site www.tvhd.com.br tenho acesso a vários canais através de um painel de controle que eu visualizo no próprio navegador, como eu faço para gravar os programas e série de TV no meu PC? Lembrando que não tem nenhum programa instalado no meu PC, é todo pelo próprio navegador 100% online.
    Quem tiver uma ideia, por favor, me ajude meu e-mail: riclife@ig.com.br

    ResponderExcluir
  11. Tudo isso é resultado do impacto que a expansão ariana causou no mundo. Antes da India ser essa pouca vergonha, existia no territorio do atual paquistão e norte da India uma civilização super avançada que em suas cidades possuía picinas publicas e inclusive sistema de esgoto.Aquela sociedade era vegetariana, não existia machismo, e o seu povo era pacifico. Foi esse povo o responsavel pela criação da Yoga, tantra e uma arte marcial chamada vajramushti que deu origem ao karate,kempo,karali paiatu e os estilos do kung fu shao lin e cultuavam shiva o verdadeiro deus indiano

    ResponderExcluir
  12. Tudo isso é resultado do impacto que a expansão ariana causou no mundo. Antes da India ser essa pouca vergonha, existia no territorio do atual paquistão e norte da India uma civilização super avançada que em suas cidades possuía picinas publicas e inclusive sistema de esgoto.Aquela sociedade era vegetariana, não existia machismo, e o seu povo era pacifico. Foi esse povo o responsavel pela criação da Yoga, tantra e uma arte marcial chamada vajramushti que deu origem ao karate,kempo,karali paiatu e os estilos do kung fu shao lin e cultuavam shiva o verdadeiro deus indiano

    ResponderExcluir

Comente aqui! Não precisa ser cadastrado.